mulher sorri enquanto usa notebook com internet

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que exerce a função de reguladora de telecomunicações no Brasil, aprovou novo plano estratégico com metas para 2023, entre elas, a banda larga de 1 GB. Entenda mais! 

Anúncio da Anatel sobre a banda larga de 1 GB

mulher sorri enquanto usa notebook com internet
(Foto: Andrea Piacquadio | Pexels)

A agência declarou, recentemente, que pretende alcançar novos parâmetros entre 2023 e 2027. Portanto, uma das metas é implantar a velocidade média da banda larga fixa de 1GB, no Brasil, sendo que atualmente a média é de 186,3 MB por segundo. 

Publicidade

Segundo a Anatel, “maiores velocidades de conexão poderão permitir a universalização da educação através do ensino a distância”.

Além disso, o órgão planeja mais mudanças, como levar a internet 5G SA para metade da população brasileira até 2027. No entanto, para chegar a essa conquista, será necessário levar essa internet para mais de 110 milhões de usuários.

Publicidade

Mas não é só isso. Os planos da Anatel enfrentarão diversos empecilhos para se tornar realidade. Afinal, hoje existem muitos fatores sociais, econômicos e de infraestrutura que tornam a banda larga de 1GB algo bem longe da realidade.

Isso acontece, pois muitas cidades brasileiras ainda não têm acesso a internet de qualidade.

Como a Anatel pretende alcançar essa meta?

Sendo assim, a Anatel pretende criar algumas estratégias para conseguir seus objetivos. Segundo o órgão, eles visam fomentar a infraestrutura necessária “com foco no ganho de competitividade”. 

Publicidade

Dessa forma, serão criados programas de comunicação por satélite, e que viabilize o 5G. No entanto, em relação aos problemas sociais, a Anatel se limitou a declarar que só será possível se o Brasil “reduzir a proporção da população abaixo da linha de pobreza e as desigualdades sociais”.

Leia também: Preços dos alimentos podem cair em 2023

Aproveite e navegue em nosso site para ler mais notícias!