Confira 10 exercícios seguros para gestantes ( Imagem: Freepik)

Está esperando bebê e quer saber como se manter saudável? Então, confira 10 exercícios seguros para gestantes. Vale destacar que são exercícios simples e seguros para você aproveitar.

Curtiu? Então, confira 10 exercícios seguros para gestantes. Veja!

Confira 10 exercícios seguros para gestantes viverem esse período com muita leveza e saúde

Confira 10 exercícios seguros para gestantes ( Imagem: Freepik)
Confira 10 exercícios seguros para gestantes (Imagem: Freepik)

1. Caminhada

Em primeiro lugar, a caminhada é uma atividade aeróbica de baixo impacto que pode ser realizada em todos os trimestres da gestação. Afinal, ela ajuda a ativar o sistema cardiovascular, aumenta a disposição, auxilia no controle do peso e alivia inchaços. Recomenda-se caminhar de 20 a 30 minutos, de 2 a 3 vezes por semana.

2. Corrida

Em seguida, para as gestantes que já praticavam corrida antes da gravidez, a atividade pode ser mantida com supervisão constante de um profissional.

Publicidade

A corrida leve, realizada de 2 a 3 vezes por semana durante 30 minutos, é considerada de médio risco.

Por isso, é importante estar atenta a alterações de temperatura, hipoglicemia, pressão baixa ou lesões musculares e articulares.

3. Musculação

Já a musculação é uma excelente atividade quando orientada corretamente. Afinal, fortalecer os músculos contribui para uma boa postura, preparação para a gestação e o pós-parto, além de ajudar nos cuidados com o bebê. Evite exercícios que comprimam muito o abdômen ou projetem a barriga para baixo.

Vale destacar que você pode fazer durante toda a gestação, com modificações no terceiro trimestre. Recomenda-se praticar cerca de 2 vezes por semana e alternar com outras modalidades.

4. Hidroginástica

Em seguida, a hidroginástica aparece como uma modalidade clássica para gestantes, pois proporciona benefícios como:

  • redução do impacto,
  • prevenção de lesões articulares e
  • alívio do peso do útero na região lombar.

Ajuda também no controle do inchaço. Recomenda-se a prática durante toda a gravidez, de 2 a 3 vezes por semana, por até 1 hora.

5. Natação

Assim como a hidroginástica, a natação oferece benefícios semelhantes, mas é importante evitar mergulhos e observar se os movimentos não causam desconforto.

Publicidade

Além disso, você também pode fazer durante toda a gestação ajustando a intensidade e o tempo na água à medida que a gravidez avança.

É bom intercalar os estilos de nado, exceto o borboleta. Recomenda-se nadar de 2 a 3 vezes por semana, por cerca de 30 minutos.

6. Pilates

Um dos queridinhos das gestantes, o pilates, quando realizado corretamente e com as devidas adaptações, é uma excelente opção de exercício. Ele fortalece a musculatura pélvica, abdominal e lombar, preparando o corpo para o parto normal e aliviando desconfortos, como dores nas costas.

É importante evitar posições que projetem a barriga para baixo ou fiquem deitadas de costas, pois podem causar mal-estar.

O pilates pode ser praticado durante toda a gestação, de 2 a 3 vezes por semana, por cerca de 1 hora, desde que a gestante seja acompanhada por um profissional qualificado.

7. Ioga

A prática de ioga durante a gravidez auxilia na respiração, prepara para o parto, alonga e fortalece os músculos, além de reduzir lombalgias comuns no terceiro trimestre.

Assim como no pilates, é necessário selecionar os exercícios corretos, pois algumas posições podem ser perigosas.

Dessa forma, você pode fazer a ioga durante toda a gravidez, sob a supervisão de um profissional, de 2 a 3 vezes por semana, por cerca de 30 minutos.

8. Dança

As modalidades de dança, quando adaptadas e realizadas com acompanhamento especializado, são atividades aeróbicas que promovem consciência corporal, fortalecimento e alongamento muscular, o que é benéfico para as gestantes.

No entanto, é importante evitar movimentos que forcem muito a coluna ou saltos.

Publicidade

As gestantes podem dançar durante toda a gravidez, realizando as devidas adaptações em cada trimestre. Recomenda-se praticar dança de 2 a 3 vezes por semana, durante 40 minutos.

9. Alongamentos

Os alongamentos são seguros para serem praticados ao longo de toda a gestação e são especialmente importantes no terceiro trimestre. Eles ajudam a amenizar o inchaço, comum nessa fase, e previnem varizes e câimbras causadas pela fadiga das pernas.

10. Exercícios de Kegel

Os exercícios de Kegel consistem em contrair e relaxar o músculo pubococcígeo, que compõe a base da cavidade pélvica. Essa prática ajuda no condicionamento e controle dessa musculatura, auxiliando no período expulsivo do parto normal.

É útil especialmente no terceiro trimestre, mas pode ser feita ao longo de toda a gestação.

Veja também: Veja dicas para evitar lesões na corrida

Dessa forma, agora que você sabe quais são os melhores exercícios para fazer durante a gestação, é só seguir essas dicas e aproveitar todos os benefícios dessas práticas.

Continue navegando com a gente!